O que o eixo sagital diz sobre si.

Imagine-se com a cabeça bem para trás com o queixo voltado para o teto.
Experimente dizer, neste posição:
– estou triste!

Não funciona… ????
Há semelhança das posições de dominância que a Amy Cuddy refere no estudo (ver ted talk), esta posição estimula a liberação de um conjunto de endosubstâncias, que se relacionam com estados de realização, conquista e sucesso.
Neste momento, os leitores que são meus alunos acabam de perceber o porquê de algumas posições e movimentos com a cabeça serem quase padrão nas nossas aulas práticas. ????

???? Aparte destes estímulos que podemos e devemos fazer, como este de ficar um pouco com a cabeça bem para trás e fazer até uma circunvolução da cabeça em torno do pescoço, que liberta o excesso de stress e desenvolve autoconfiança, é interessante perceber como nos expressamos com o eixo sagital.
Este consiste no movimento da cabeça para cima e para baixo que é realizado para dar contexto à nossa comunicação.

???? O eixo sagital pode ser neutro, quando o rosto está no alinhamento natural da coluna. Superior, quando o rosto está acima da linha natural da coluna vertebral. E inferior quando está abaixo.
Ele terá interpretações diferentes consoante a comunicação seja dirigida ao outro (activa) ou dirigida a nós próprios (passiva).

???? O sagital superior, em comunicação passiva refere-se a uma atitude de comprometimento, de afirmação. É o caso da emoção de orgulho, uma emoção hipertónica (a musculatura fica tónica) e é uma emoção interna (não se dirige ao outro).
A pessoa sente-se orgulhosa, em certo sentido, realizada.
Um excelente exemplo é a fotografia desta edição de um amigo de longa data, Helder Marques e da sua filha Daniela. É bonito de ver!
Que neste novo ano sintamos muito mais orgulho nas nossas vidas (escrevo esta edição em dezembro 2023).
Observe que orgulho e vaidade são emoções opostas, totalmente diferentes. Não recomendamos esta última.

???? O sagital superior, em comunicação ativa, refere-se a uma atitude de prepotência, superioridade, arrogância. Leia da seguinte forma: a pessoa sente que é superior naquele momento, naquele assunto ou naquele contexto ao seu interlocutor, seja uma pessoa, grupo ou ideia.
Obviamente este sagital superior terá conotações muito diferentes consoante o peito esteja presente ou não (ver edição sobre o ego) e todo o resto do seu corpo, como olhar, micro-movimentos, etc.
Este é um dos erros proverbiais dos amadores e “especialistas” de comunicação não verbal, analisar com base em só um item. ????

???? Em comunicação ativa, o sagital inferior, refere-se a um posicionamento de inferioridade, submissão. Leia da seguinte forma: a pessoa coloca-se ao dispor, para servir a pessoa, grupo ou ideia.
Em comunicação passiva, o sagital inferior está relacionado com um voltar para si mesmo, quando refletimos sobre nós ou sobre a vida.

No dia-a-dia, ao andar com o rosto em posição neutra, conseguimos evitar os dejetos no chão e ao mesmo tempo contemplar o céu e as árvores. ???? ????

Comentários
Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Gostaria de receber contacto para aulas: