As Máscaras que colocamos na Comunicação.

Ao contrário do que o senso comum tende a pensar, a comunicação entre duas pessoas decorre em 4 vias (e não em duas, emissor e receptor).
Eu transmito uma mensagem ao meu interlocutor, sou um emissor ativo. O meu interlocutor processa a mensagem e interpreta-a, é um receptor e ao mesmo tempo um emissor passivo, pois a forma como ele interpreta a mensagem é sinalizada pelo corpo. Assim, quando somos receptores de alguma mensagem somos sempre emissores silenciosos da interpretação que fazemos dela.
Não é possível não comunicar, no limite, se ficar imóvel ou rígido, eu comunico que não quero comunicar-me.

???? A noção de que a minha mensagem pode ser interpretada de forma diferente do que a minha intenção quis no momento da sua emissão é fundamental para a gestão de conflitos.

A gestão desta diferença, da emissão e da interpretação de uma mensagem, é um pilar básico da diplomacia e da elegância de comportamento, eu diria até de maturidade.

❗ Há uma teoria interessante chamada de espaços mentais.
Espaços mentais referem-se ao que ocorre por detrás daquilo que falamos e pensamos. São pequenos conjuntos de memória que estão por detrás da forma como interagimos.
Curiosamente os antigos já conheciam esta noção, chamavam-lhe impressões latentes. (vásanas).

???? Exemplo:
Dulce: Bom dia, Júlia. Tudo bem? Podes emprestar-me, outra vez, os apontamentos de matemática?

Júlia: Ah..sim, claro. Estão aqui.

Para esta tão simples mensagem verbal nós podemos ter vários espaços mentais que são sinalizados pelo corpo.

1️⃣ A Júlia ao responder sorri e olha nos olhos da Dulce, e pela forma como o faz, há uma partilha de conexão e de empatia.
????‍???? A mensagem é uma expressão do que uma pessoa sente em relação à outra, os apontamentos são mero pretexto.

2️⃣ A Júlia ao responder olha para os apontamentos e aponta para eles.
????‍???? A pessoa descreve o que diz, para que o outro compreenda melhor. O foco não é o outro, diretamente, mas a mensagem, o conteúdo do diálogo.

3️⃣ A Júlia ao responder olha para os colegas à volta, integrando-os corporalmente na conversa, como que a dizer que também partilha com os demais.
????‍???? O foco da mensagem é o entorno.

4️⃣ A Júlia responde de forma automática sem presença.
????‍???? A mensagem está ligada à memória, fora do aqui e do agora.

5️⃣ A Júlia responde de forma automática sem presença mas muito colaborativa, serviçal até.
????‍???? A mensagem utiliza um papel social pré-aprendido e utilizado de forma automática.

6️⃣ A Júlia responde mas pensa: que chatice, a Dulce outra vez a pedir-me coisas.
????‍????A mensagem contém uma não coerência entre o que a pessoa diz e o que ela pensa e sente.

O interesse destes conceitos é para reduzir o chamado efeito halo, que representa o viés gerado pela projeção das nossas próprias percepções, interferindo no julgamento que fazemos de uma pessoa ou coisa.

As ferramentas imediatas para o conseguir são o treino de comunicação, a reforço da estabilidade emocional e a qualidade da presença.

Comentários
Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Gostaria de receber contacto para aulas: